Domingo, 12 de Março de 2006

Qual será a função do teatro na nossa sociedade??!

Porquê continuar a fazer teatro?

 

Em Dezembro de 2004 estreou, no Teatro de Bolso, a peça “O Teatro Ambulante Chopalovitch”, de Lioubomir Simovic, posta em cena pelo TEUC – Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra. Nesta peça, uma pequena companhia de teatro ambulante chega a uma pequena aldeia sérvia durante a ocupação Nazi. Confrontado com uma representação teatral durante um período de Guerra, o povo da aldeia, tanto ocupantes como ocupados, revolta-se contra os actores, exigindo a proibição do espectáculo e acabando com a morte de um dos actores.

Este texto, reflectindo sobre a guerra e o papel do teatro nesta, uma das perguntas fundamentais do teatro e sobretudo do teatro universitário: que sentido faz ainda hoje? É inegável que vivemos numa sociedade dominada pelos mass media. Os de informação e uma espectacularidade visual crescentes. O cinema, a televisão, o vídeo, preenchem hoje, quase totalmente, a nossa “necessidade narrativa”, a necessidade de ouvir contar histórias, a necessidade de nos identificarmos com um herói, de sofrermos com as adversidades deste e de artilharmos intimamente as suas vitórias. Porquê ir ao teatro então? E porquê fazer teatro?

 

Repensar o teatro em tempo de crise

 

Num momento em que o teatro enfrenta uma crise a todos os níveis, em que se vê o público desaparecer das salas de espectáculo, em que muitas plateias se vêem reduzidas a cinco ou seis pessoas, caber-nos-á talvez, a nós TEUC e ao teatro universitário em geral, repensar o teatro, repensar a sua função numa sociedade moderna, e levá-lo de novo ao público, trazendo o público de novo às salas de teatro.

 

Qual será a função do teatro na nossa sociedade??!

 

 

sinto-me:
música: Ironic - Alanis Morissete

publicado por Afonsinetes às 20:51
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 6 de Março de 2006

Dá a tua opinião!

O que acham?!

Estava a pesquisar para um trabalho e no decorrer desta pesquisa encontrei blogs de pessoas que argumentavam a novela dos “Morangos com açúcar” como também os castings da mesma.
Li artigos interessantíssimos, e enormes! O importante a referir é que parei num site que falava na novela e argumentava as razões do sucesso da novela.
As razões pelas quais ela tem sucesso são:
A divulgação de música e de moda presente na novela e principalmente a maneira como interage com o público-alvo.
Numa novela deste tipo, isto é que tem como objectivo cativar os jovens tem que principalmente não se conter com a realidade, pois pretende provocar emoções e não dar informações. Também joga com o desejo de autonomia típico dos adolescentes, já que os protagonistas são representados por actores mais velhos do que as idades que querem retratar.
No entanto o senhor que estava a argumentar explica que a novela está a esquecer o conceito de não-racismo, a ecologia e a saúde pública. Por isso durante esta argumentação afirma que o programa deveria ser proibido da televisão. O que vocês acham??!!
Na minha opinião, a telenovela não é prejudicial ao adolescente, isto é ao público a que é dirigida, agora se crianças assistem a esta novela pode vir a ter consequências na educação das mesmas.
É por essa mesma razão que a novela tem um 10 no canto superior direito!
Tudo o resto depende da autorização dos pais em relação aos filhos para determinado programa. Este programa é uma novela baseada nos sentimentos de um adolescente, a formalidade a mais podia afastar o sucesso da novela como também as expectativas do público.
Quanto aos castings em breve publicarei outro artigo referente aos mesmos.
Na vossa opinião o que acham??!!!


publicado por Afonsinetes às 18:29
link do post | comentar | favorito

Peça de teatro

Nova peça de teatro

memoriaAgua[1].jpg

Memória da Água

A Casa do Artista, em Lisboa, estreia uma peça sobre três irmãs que se reencontram no funeral da mãe. Os laços do passado são a única coisa que as une, mas talvez não sejam suficientes para as voltar a aproximar. A partir de 1 de Março. "Memória da Água" mostra como, muitas vezes, a morte pode ser ultrapassada pelo absurdo da vida. Mostra, também, a forma como alteramos o passado e a memória que temos dele e nos apropriamos das histórias dos outros como se fossem nossas. PUBLICO.PT TELEFONE 217110891 LOCAL Lisboa, Casa do Artista - Est. Pontinha, 7 HORARIOS De 01-03-2006 a 27-05-2006 Quarta a domingo às 21h30 PREÇO 17,5€ e 12€ (para -25, +65 anos e profissionais do espectáculo). ACTOR/ES Manuela Couto, Dalila Carmo, São José Correia, Filipe Ferrer, Maria José Paschoal, Joaquim Horta AUTOR/ES Shelagh Sthephenson ENCENADOR/ES José Martins


publicado por Afonsinetes às 18:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Novas ideias

NOVAS IDEIAS

Tenho andado a pensar seriamente em criar uma associação a partir deste blog.
Essa associação vai ser criada com o objectivo de incentivar os jovens que têm de facto jeito para o teatro, e que gostam de dramatizar, isto é cada jovem que tenha conhecimento deste blog vai ter a oportunidade de se juntar à futura associação que pretendo criar. A maior parte dos comentários aqui presentes são de jovens que vivem relativamente perto uns dos outros, ou seja não era nada difícil reunir os mesmos para possíveis peças de teatro amador.
Como sabem, todos os grandes artistas fizeram teatro amador, não começaram logo de grandes, como é evidente!
Então como temos debatido o assunto dos castings eu talvez estivesse a pensar que quem pretendesse ficar membro desta associação mandasse o seu “currículo”, isto é concretizar castings, mas estes muito mais liberados e à vontade de cada um o que é muito mais produtivo e muito mais fáceis de concretizar. A resposta é imediata!
Como proceder:
Quem estiver interessado deverá comentar o 1º artigo que aparece na página a dizer que enviou um casting.
O casting deverá ser enviado para o seguinte email carlasofia21@hotmail.com.
É evidente que o próprio notificador do programa de e-mail me avisará da chegada de um futuro e-mail mas é bastante importante para a divulgação do site que os mesmos se deixem lá marcados como comentário.
Agradeço desde já a atenção que espero começar a ver por parte daqueles que dão vida a este blog!
A ideia ainda está em rascunho por isso vocês vão ajudar a passar a limpo!
Neste site és livre, dá-me a tua opinião (através dum simples comentário) que eu publico!


publicado por Afonsinetes às 18:28
link do post | comentar | favorito

Gil vicente

Auto da Barca do Inferno Gil Vicente

Auto da Barca do Inferno Gil Vicente Sinopse Num espectáculo onde o teatro, as marionetas e a música se fundem, vamos ao encontro de um dos maiores dramaturgos de sempre na nossa história Teatral. O Auto da Barca do Inferno, é um espectáculo cómico e satírico. Num espectáculo vivo e dinâmico, cheio de sons e de personagens animadas, encontramos o Céu e o Inferno. Para se Compreender o "Auto da Barca do Inferno" deverá ter-se a noção de a obra foi escrita num período da história que corresponde à transição da Idade Média para a Idade Moderna. O seu autor, Gil Vicente insere-se exactamente nessa transição, ou seja, está ligado tanto ao mediavalismo quanto ao humanismo. Esse conflito faz com que Gil vicente pense em Deus e ao mesmo tempo exalte o homem livre. O reflexo deste conflito interior é visto claramente na sua obra, pois ao mesmo tempo critíca de uma forma impiedosa, toda a sociedade do seu tempo, adoptando assim uma postura moderna, com o seu pensamento voltado para Deus, reminiscência do mundo medieval. Esta obra foi apresentada à rainha D. Maria de castela quando esta estava enferma no ano de 1517.


publicado por Afonsinetes às 18:27
link do post | comentar | favorito

Molière

Molière

Jean-Baptiste Poquelin, mais conhecido como Molière (baptizado em Paris a 15 de Janeiro de 1622 - 17 de Fevereiro de 1673), foi um escritor de peças de teatro francês, além de actor e encenador. É considerado um dos mestres da comédia satírica. Teve um papel de absoluta importância na dramaturgia francesa, até então muito dependente da temática da mitologia grega. Usou as suas obras para criticar os costumes da época, criando o lema "castigat ridendo mores". É considerado o fundador, indirecto, da Comédie-Française. Dele, disse Boileau: Dans le sac ridicule où Scapin s'enveloppe je ne reconnais plus l'auteur du Misanthrope - ("No saco ridículo onde se envolve Escapino, não reconheço mais o autor de O Misantropo"). Como encenador, ficou também conhecido pelo seu rigor e meticulosidade.
Já deixei aqui uma pequena informação sobre o grande dramaturgo Molière.
Ontem fui ver uma peça escrita por ele intitulada de “Dom Juan” ao teatro S. João no Porto. Foi simplesmente fantástico!
Não colocarei sinopse pois esta é enorme!


publicado por Afonsinetes às 18:27
link do post | comentar | favorito

O que é que está a falhar?!

O que é que está a falhar?!

Olá! Depois de alguns dias de pesquisa, acho que neste site já estão artigos suficientes contra os castings, ou melhor, contra as ideias que existem em Portugal relativamente ao ser bom actor ou boa actriz. Em Portugal a imagem é o mais importante, em Portugal ter cunhas é essencial para tudo, em Portugal tudo pensa de uma maneira negativa.
Ora, se bem me lembro das aulas de história, no terramoto de Lisboa de 1755, morreram 6 a 8 mil pessoas, conclusão, se não fosse o Marquês de Pombal a tomar iniciativa de fazer algo para melhorar as condições, Lisboa provavelmente já não existiria (que exagero). Mesmo depois de tudo estar perdido, e de o número de sobreviventes estarem profundamente pessimistas, Marquês virou costas a esse sentimento e tomou iniciativa, pura e simplesmente. Agora, estamos em pleno século XXI, numa democracia em Portugal, num país onde a censura já era… porque é que ainda existem este tipo de problemas, se são mais fáceis de resolver do que mesmo tirar Lisboa da “morte” digamos. Portugal torna-se assim um País retrógrado, sem evolução, triste e tradicional!
Portugal podia dar oportunidade a quem tem realmente jeito para teatro! Porquê que há tantas coisas que estão a falhar neste País?? Temos a liberdade que precisamos, temos tudo e mesmo assim ainda vivemos com o stress e a insatisfação! O que é que falhou??!
Se é de cunhas que precisamos para resolver isto, ou para protestar contra isto, vamos arranjar um dia! Talvez o que tem falhado neste País é a falta de confiança e o desânimo da população, se não é um grupo relativamente grande a incentivar as pessoas a pensar melhor o que será de nós, o que será do futuro dos nossos? E aí digo:
- NÓS ESTAMOS CADA VEZ MAIS PEQUENOS!
Não pensem no trabalho que vai dar a conquistar Portugal, pensem que a mínima contribuição, o mínimo apoio pode fazer a DIFERENÇA! É por faltar pessoas com iniciativa em Portugal que não estamos a crescer mas sim a diminuir!


publicado por Afonsinetes às 18:26
link do post | comentar | favorito

...

Comentário interessante

Durante uma pesquisa na Internet para um trabalho surgiu-me esta página.
Depois de ter achado algo de interessante pensei em colocá-la neste site.
O que importa realmente neste artigo é a sinceridade da pessoa que o publicou e da argumentação que utiliza. Na minha opinião este texto está fantástico, tem algumas partes que por vezes se tornam repetitivas mas a “moral” está bem explícita!
-------------------------------------
Estava a ler uma notícia em que colocavam a seguinte questão: Conseguem imaginar a Sofia Aparício feia?
Fiquei a pensar nisto. Será que a Sofia é assim tãooooo gira… e só porque vai fazer uma peça de teatro onde vai ter de colocar óculos e andar de carrapito isto seja motivo de interesse.
Enquanto manequim não lhe tiro o mérito. É de facto uma das melhores, senão mesmo a melhor manequim em Portugal, a sua capacidade de transformação, e a presença na passerelle é única.
Mas…. Não é por isto que a Sofia tem de ser uma boa actriz! Nem por ser bonita, nem por ter um corpo escultural, etc.
Segundo a própria Sofia, nunca mais aceitou fazer teatro porque lhe pediam sempre papéis de “bonequinha”, ora bem, com óculos, carrapito e chinelos… a conversa já é outra. Sim, porque uma boa actriz é aquela que faz um papel onde tem de andar … de óculos, carrapito e chinelos, que é o que vai acontecer nesta peça que vai fazer.
Nunca representei, nem nunca tive pretensões em ser actriz, e às vezes penso “porque é que há pessoas que metem na cabeça ser uma coisa para a qual não têm absolutamente jeito nenhum?”.
A Sofia se fosse boa actriz até poderia fazer o papel da mulher mais bonita do mundo, e fazer um excelente papel. Ponham-na toda ranhosa, com piolhos e desdentada, que não é isso que vai fazer dela uma boa actriz!!.
Mas porque é que estas mulheres têm de fazer papeis de desgraçadas, feias, ou de sacos de porrada, para mostrarem que são boas actrizes?? Falha-me Deus, e depois falam de machismo entre os homens!!
Isto irrita-me profundamente. Ainda há bem pouco tempo tivemos o caso da Catarina Furtado. Fazia o papel de outra desgraçada qualquer, pintou o cabelo de louro, e pronto, a historia era esta.
É nestas ocasiões que me torno feminista.


publicado por Afonsinetes às 18:26
link do post | comentar | favorito

...

Que tipo de pessoas procuram?

Retirei este artigo da respectiva agência de modelos, das personagens dos morangos:

Que tipo de pessoas procuram?

Sérgio Gomes Moreno

No meu caso, que estou ligado à área de representação desde a minha infância, procuro ao máximo enriquecer a nossa pasta de actores. De facto, já organizei uma série de castings e tento estar sempre presente em todas as peças teatrais e ficção televisiva para arrecadar maior número de actores. Mas não é fácil …as pessoas que considero melhores a nível da representação não têm muito boa imagem, o que complica depois o meu trabalho na agência, principalmente os castings, são muito “frios” não existe praticamente contracena, não há ambiente nem tempo para concentração e torna-se complicado extrair os sentimentos ou reacções pretendidas para o personagem.

Bem, está aqui a prova!


publicado por Afonsinetes às 18:25
link do post | comentar | favorito

Noticia da semana

Notícia da semana:

Num artigo passado, com o título de “Castings para os morangos com açúcar, é aconselhável?”, foi referido comentários de pessoas, num certo comentário revelava que quem se inscrevesse nos ditos castings, para além do tempo esperado, tiravam duas fotos e a agência mandava-os embora prometendo contactá-los em breve, ora qualquer pessoa minimamente inteligente observa que as qualidades como actor não se vêem através de fotografias. Noutro comentário, referiu-se que as personagens já eleitas dos morangos com açúcar tinham, de facto, currículo. Isto é, frequentavam cursos de modelo ou de teatro. Num outro artigo, que era a respectiva conclusão do acima referido, falava das revistas Bravo que continham entrevistas às personagens da novela “MORANGOS COM AÇUCAR”, em que os próprios afirmavam ter frequentado agências de modelo ou cursos de teatro. Estive aqui a pesquisar em relação aos contactos das agências de modelo ou cursos de teatro, e por acaso encontrei um site duma agência. Nesse site, encontrei um artigo, na 1ª página, que falava sobre “Tiago” (Luís Lourenço), retratava um evento, mas o importante a referir, é pura e simplesmente, que o artigo relatava que Luís Lourenço, Fernando Fernandes (Tomé), Sara Prata (Becas) e Miguel Bogalho (Cristiano) pertenciam a uma agencia de modelos bem famosa em Lisboa.


Conclusão: Há pessoas bem talentosas neste País esperando uma oportunidade neste âmbito, só que no lugar delas aparecem aquelas que têm cunhas e um bom aspecto, graças às suas agências. Daqui por uns anos nunca mais se houve o nome dessas mesmas que por serem beldades participam numa novela para jovens.


Nota: Isto foi um pedido de opinião, não publicado no site, que me enviaram onde essa pessoa me pedia que eu publicasse os aspectos negativos dos castings, foi então que surgiu esta ideia de pegar em artigos passados, para republicar outro artigo relacionado.


publicado por Afonsinetes às 18:25
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Agosto 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.novas falas

. William Shakespeare

. Nomeação de 10 blogs

. Auto da barca do inferno ...

. História do Teatro

. AO CINEMA VAI AO TEATRO

. Shakespeare Simpson -Haml...

. Opiniões

. Consegues uma citação mel...

. Goor A crónica de Feaglar...

. A nossa Comunidade

.peças

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.tags

. todas as tags

.links

.participar na cena

. participe nesta peça

SAPO Blogs

.subscrever feeds